terça-feira, 26 de maio de 2009

O 28 de Maio de 1926

Passam este ano 83 anos, sobre o golpe de Estado que pôs fim à Iª República e deu início em Portugal, a uma Ditadura que vigorou até 1974.

O movimento que se iniciou em Braga e foi liderado pelo general Gomes da Costa, pretendeu responder a um mal-estar colectivo, de um país que estava em crise e um regime em agonia:

"A República não teve, nem tempo nem engenho, para reconverter o país profundo.
Apoiou-se na pequena burguesia urbana e em elites intelectuais, mas não atingiu nem o país rural e católico nem grandes franjas das massas operárias.
A instabilidade política, os jogos partidários, o clima de revolução permanente, os conflitos no parlamento, as greves constantes, a paralisia da administração, que não permitia a melhoria de vida das populações, afastaram o país real do sistema. O que se passa em Lisboa pouco interessava à província, que não se envolvia em malabarismos políticos mas exigia progresso e ordem. A Igreja e o Exército eram ainda as únicas instituições que representavam a disciplina e os valores tradicionais.
No plano económico, a situação era precária. Só em 8 anos (1917-1925) houve 200 greves. O custo de vida atingiu os 200%. a guerra criou novas fortunas. O mundo dos negócios e da finança necessitava de regras claras e de estabilidade. A moeda desvalorizou-se, não havia investimento na indústria. Portugal não passava de um satélite da economia inglesa.
O país asfixiava. queria ordem na rua e na administração. O descontentamente atingiu todos os sectores."
José Hermano Saraiva

Para mais informação clica AQUI

terça-feira, 19 de maio de 2009

Uma Portuguesa no Trono de Inglaterra

Foi no dia 21 de Maio de 1662 que a Infanta Portuguesa, D. Catarina de Bragança, filha do Rei D. João IV e de D. Luísa de Gusmão, casou com o rei inglês, Carlos II.
Foram morosas e difíceis as negociações que conduziram a esta aliança e o dote da princesa foi magnífico: a cidade de Tânger, no Norte de África, Bombaim com a sua fortaleza, na Índia, a liberdade de comércio para os navios ingleses em todos os portos do Brasil e dois milhões de cruzados.
Esta princesa introduziu novos hábitos na sua nova corte, sendo o mais conhecido, o chá das cinco ou "Five o'clock tea".
Segue-se o relato feito por ocasião do casamento:

"Londres, 21 de Maio de 1662
As aclamações e os festejos em honra da nova rainha são deslumbrantes. O casamento realizou-se em Portsmouth e dele foi lavrado o seguinte assento:
«Na presença de grande parte da nobreza dos domínios de Sua Majestade de Portugal em Maio de 1662 foram casados em Portsmouth (Igreja Domus Dei) pelo Bispo Lord de Londres, Golbert, a Ilustríssima Princesa D. Catarina, Infanta de Portugal, com o Augusto soberano Lord Carlos Ii Rei da Grã-Bertanha, França e Irlanda, Defensor da Fé»
Os reis vão morar no palácio de Whitehall.
As festas em Lisboa, por ocasião do embarque, não foram menos deslumbrantes. Ficaram memoráveis o cortejo de grande gala que acompanhou a infanta e as touradas que se realizaram no Terreiro do Paço.
Houve três dias de corridas de touros e ergueram-se dez arcos triunfais que se armaram com colchas, sedas, telas e outros ornatos de preço. O arco dos prateiros, à entrada da sua rua, era coberto de prata. Os outros tinham pinturas e ornatos de ouro e prata, todos muito ricos"

in Diário da História de Portugal, Selecções do Reader's Digest


Para mais informação aconselhamos a leitura do livro "Catarina de Bragança" de Isabel Stilwell ou então clique Aqui

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Machado de Castro

video

Esta apresentação foi o trabalho realizado por algumas alunas do 8ºF e que esteve patente na exposição do Departamento de CSH.

sexta-feira, 8 de maio de 2009

Exposição do Departamento de CSH

Esteve patente, no átrio da escola, entre os dias 4 e 8 de Maio a exposição dos trabalhos elaborados pelos alunos, no âmbito das disciplinas de HGP, História e Geografia.

Felicitamos os alunos pelo empenho e criatividade apresentados e que deram origem a trabalhos de grande nível.
Aproveitamos para agradecer a preciosa colaboração das colegas de EVT, Vanda Costa e Elsa Rosa.











quarta-feira, 6 de maio de 2009

Dia da Europa

No próximo dia 9 de Maio comemora-se o "Dia da Europa".

Portugal aderiu à União Europeia a 1 de Janeiro 1986. Nessa data, esta comunidade passou a contar com 12 Estados Membros. Hoje em dia, já são 27 os países que fazem parte da União Europeia.

O Departamento de Ciências Sociais e Humanas associa-se a esta comemoração, para descobrires mais informações clica Aqui.